Márcio Moraes
"no leito solidário de uma floresta altiva descansem por favor a minha poesia"
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
E-books
Mia Couto - Terra Sonâmbula
Autoria: Mia Couto
Tamanho: 592 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Um ônibus incendiado em uma estrada poeirenta serve de abrigo ao velho Tuahir e ao menino Muidinga, em fuga da guerra civil devastadora que grassa por toda parte em Moçambique. Como se sabe, depois de dez anos de guerra anticolonial (1965- 1975), o país do sudeste africano viu-se às voltas com um longo e sangrento conflito interno que se estendeu de 1976 a 1992. O veículo está cheio de corpos carbonizados. Mas há também um outro corpo à beira da estrada, junto a uma mala que abriga os “cadernos de Kindzu”, o longo diário do morto em questão. A partir daí, duas histórias são narradas paralelamente: a viagem de Tuahir e Muidinga e, em flashback,o percurso de Kindzu em busca dos naparamas, guerreiros tradicionais, abençoados pelos feiticeiros, que são, aos olhos do garoto, a única esperança contra os senhores da guerra. 'Terra Sonâmbula' – considerado por júri especial da Feira do Livro de Zimbabwe um dos doze melhores livros africanos do século XX e agora reeditado no Brasil pela Companhia das Letras – é um romance em abismo, escrito numa prosa poética que remete a Guimarães Rosa. Couto se vale também de recursos do realismo mágico e da arte narrativa tradicional africana para compor esta bela fábula. (Sinopse disponível em: http://www.saraiva.com.br/terra-sonambula-1969915.html?pac_id=135884&gclid=CN3lvIO2wtICFcqAkQodZ4kMOA). E-book disponível em: http://www.casadasafricas.org.br/wp/wp-content/uploads/2011/09/Livro-Terra-sonambula.pdf

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Mia Couto e o site http://www.casadasafricas.org.br/wp/wp-content/uploads/2011/09/Livro-Terra-sonambula.pdf). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
Mil poemas para Gonçalves Dias
Autoria: Márcio Adriano Moraes e Dilercy Aragão Adler (Org.); Leopoldo Gil Dulcio Vaz (Org.)
Ano: 2013
Tamanho: 4 MB
Formato: PDF
Sinopse:
A Antologia Mil poemas para Gonçalves Dias reúne poesias em homenagem ao ilustre maranhense de poetas do Brasil, Argentina, Chile, Bolívia, Equador, Peru, Venezuela, Uruguai, Portugal, Monçambique, México, Canadá, Panamá/USA, Espanha, França, Bélgica, Áustria e Japão.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Márcio Moraes e o site www.marcioadrianomoraes.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
Millôr Fernandes e Flávio Rangel - Liberdade Liberdade (Paes 3ª Etapa 2015)
Autoria: Millôr Fernandes e Flávio Rangel
Tamanho: 383 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Liberdade, liberdade é um musical escrito por Millôr Fernandes e Flávio Rangel, em 1965, e que estreou no palco no mesmo ano. É um marco da história teatral do Brasil por ter sido o texto de maior sucesso do chamado teatro de protesto, conjunto de peças, na maior parte, musicais, que criticavam a repressão imposta pelo golpe militar de 1964.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Millôr Fernandes e Flávio Rangel e o site www.marcioadrianomoraes.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
Monteiro Lobato - Negrinha
Autoria: Monteiro Lobato
Tamanho: 38 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Uma mulatinha órfã sofre nas mãos de uma senhora. Castigos e humilhações. Até o dia em que segura em suas mãos, pela primeira vez, uma boneca. Depois disso, Negrinha nunca mais foi a mesma. Conto de Monteiro Lobato publicado em 1920.
 
Padre José de Anchieta - A Santa Inês
Autoria: Padre José de Anchieta
Tamanho: 18 KB
Formato: PDF
Sinopse:
José de Anchieta exalta a figura de Santa Inês (considerada um modelo exemplar, porque se submeteu ao sacrifício em nome da sua crença) e incentiva o povo a praticar a fé religiosa cristã. Trata-se de uma literatura jesuítica, preocupada com a conversão dos índios e a manutenção do catolicismo entre os colonos. Sinopse disponível em: http://nelsonsouzza.blogspot.com.br/2010/02/analise-do-texto-santa-ines-pe-jose-de.html. Acesso 28 out. 2013.
 
Pero Magalhães Gândavo - História da Província de Santa Cruz
Autoria: Pero Magalhães Gândavo
Tamanho: 208 KB
Formato: PDF
Sinopse:
A História da Província de Santa Cruz é o primeiro livro inteiramente dedicado ao Brasil escrito por um autor português. Esta obra de Gândavo hoje ocupa um incontestável e merecido lugar de destaque: considerada “a primeira história do Brasil”, leitura obrigatória para os interessados no período colonial, foi recentemente objeto de excelentes edições comentadas e diversos trabalhos acadêmicos. É difícil imaginar, diante disso, que este relato pioneiro tenha permanecido escondido do mundo durante os trezentos anos que se seguiram à sua primeira impressão em 1576. Texto disponível em: http://www.brasiliana.usp.br/node/450. Acesso 28 out. 2013.
 
Poemas da Infância - PAES 1ª ETAPA (2017)
Autoria: Casimiro de Abreu; Carlos Drummond de Andrade; Cora Coralina
Tamanho: 147 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Poemas exigidos como leitura obrigatória para o Paes 1ª Etapa da Unimontes (2017). "Meus oito anos", de Casimiro de Abreu; "Infância", de Carlos Drummond de Andrade; e "Minha infância", de Cora Coralina.
 
Raquel de Queiroz - O Quinze
Autoria: Raquel de Queiroz
Tamanho: 210 KB
Formato: PDF
Sinopse:
O Quinze é o primeiro e mais popular romance de Rachel de Queiroz, publicado em 1930. O título se refere a grande seca de 1915, vivida pela escritora em sua infância. A trama se dá em dois planos, um enfocando o vaqueiro Chico Bento e sua família, o outro a relação afetiva de Vicente, rude proprietário e criador de gado, e Conceição, sua prima culta e professora.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Raquel de Queiroz e o site www.marcioadrianomoraes.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
Santa Rita Durão - Caramuru
Autoria: Santa Rita Durão
Tamanho: 2 MB
Formato: PDF
Sinopse:
Integrado no espírito do classicismo pré-romântico, Frei Santa Rita Durão descreveu lendas e cenas do Brasil colônia, sua fauna e flora, seus índios e costumes. "Caramuru", sua única obra, de feição camoniana, tem importância histórica, graças ao sentimento nacionalista que inspirou às gerações. O poema épico é construído em dez cantos; seu tema é o descobrimento da Bahia. O autor conta a lenda de Diogo Álvares Correia, o Caramuru, aventureiro português que, depois de naufragar nas costas da Bahia, teria conquistado a amizade dos indígenas graças à perplexidade causada por sua arma de fogo ao disparar contra uma ave. "Caramuru" é obra recomendada em várias faculdades e escolas do Brasil. Sinopse disponível em: http://www.skoob.com.br/livro/34522-caramuru. Acesso 28 out. 2013.
 
Tomás Antônio Gonzaga - Cartas Chilenas (Paes 1ª Etapa 2015)
Autoria: Tomás Antônio Gonzaga
Tamanho: 210 KB
Formato: PDF
Sinopse:
As Cartas Chilenas são 13 cartas escritas por Critilo (pseudônimo do autor que por muito tempo ficou obscuro) relatando os desmandos, atos corruptos, nepotismo, abusos de poder, falta de conhecimento e tantos outros erros administrativos, jurídicos e morais quanto pudessem ser relatados em versos decassílabos do "Fanfarrão Minésio" (o governador Luís Cunha Meneses) no governo do "Chile" (a cidade de Vila Rica). Elas são sempre dirigidas a "Doroteu" (que tem uma epístola após as 13 cartas), ninguém mais do que Cláudio Manuel da Costa. Leia mais em: http://www.enemsimples.info/2011/07/resumo-cartas-chilenas-tomas-antonio.html#ixzz3Z1kYNcck

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Tomás Antônio Gonzaga e o site www.marcioadrianomoraes.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
Tomás Antônio Gonzaga - Marília de Dirceu
Autoria: Tomás Antônio Gonzaga
Tamanho: 194 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Depois de Camões, Tomás Antônio Gonzaga é o poeta que tem mais leitores na língua portuguesa. Incontáveis edições já foram tiradas, no Brasil e em Portugal, das famosas liras de Marília de Dirceu, que com prestígio não menor têm transitado noutros idiomas: inglês, alemão, francês, italiano e espanhol. Ainda que extremamente elaboradas, denotando o virtuosismo do poeta, essas liras parecem brotar espontaneamente dos mais calorosos recônditos da alma, e é esta harmonia entre a técnica e a emoção que fazem de Gonzaga o grande poeta que os leitores de hoje aprenderam a amar. De resto, soube ser original, dando um passo à frente da poesia de seu tempo: entre os cenários pastoris sem nome e sem história, próprios do Arcadismo, ele introduziu a cor local e retalhos da amarga história da colônia: a Vila Rica dos anos da "derrama" e da malfadada Conjuração Mineira. (Sinopse disponível em: http://www.americanas.com.br/produto/242915/livro-marilia-de-dirceu#productdetails)

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Tomás Antônio Gonzaga e o site www.marcioadrianomoraes.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
Victor Meirelles e Cândido Portinari - A Primeira Missa no Brasil
Autoria: Victor Meirelles e Cândido Portinari
Tamanho: 525 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Telas de Victor Meirelles e Cândido Portinari sobre "A primeira missa no Brasil", inspiradas na "Carta de Pero Vaz de Caminha".

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Victor Meirelles e Cândido Portinari e o site www.marcioadrianomoraes.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
Visconde de Taunay - Inocência
Autoria: Visconde de Taunay
Tamanho: 329 KB
Formato: PDF
Sinopse:
"Inocência" é um marco do Romantismo e também um dos melhores exemplos de literatura regionalista, revelando detalhadamente a vida sertaneja do interior do Mato Grosso na metade do século passado. Fiel à tendência romântica, o romance possui no seu núcleo uma história de amor impossível: a jovem cabocla Inocência está prometida por seu pai ao rude sertanejo Manecão, mas apaixona-se pelo forasteiro Cirino, gerando uma série de conflitos devido ao rigoroso código de honra da época. Sinopse disponível em: http://www.skoob.com.br/livro/2210-inocencia. Acesso 31 mar. 2014.
Página 6 de 6 1 2 3 4 5 6 [«anterior]
Rosarium R$10,00 Ler-se(r) R$25,00 Trovaecia R$20,00
assim alado R$20,00 Enlace R$10,00 Via Crucis R$20,00
Genuíno R$20,00 A palavra-vida de um corpo quedo: uma leitura... R$15,00 Ceifando vidas e semeando letras R$15,00
Passaportes: viagens guiadas por Lygia Fagund... R$15,00 O humano insano e as palavras do infante em G... R$15,00 A cor do subúrbio em Clara dos Anjos R$15,00
A cor negra da canção dos anjos R$15,00 Estudo Sólido de Literatura R$15,00 Gêneros Textuais: no cotidiano, no vestibular R$25,00
Crepúsculo de arame R$25,00 Vende-se amor R$25,00 Apenas rascunhos R$35,00
29º Salão Nacional de Poesia Psiu Poético R$10,00 Os 50 melhores Sonetos do 7º Festival de Sone... R$10,00 5º Prêmio Literário de Poesia Portal Amigos d... R$10,00
XVII Prêmio PMMG de Poesia 2015 R$10,00 Antologia Jubileu de Ouro da Unimontes: prosa... R$10,00 Antologia Psiu Poético 2010: cinepoesia R$10,00
Antologia do 21º Psiu Poético: montesclarosci... R$10,00 Antologia do 23º Psiu Poético: a invenção dos... R$10,00 Poetas de uma só Língua R$10,00
A Deusa das Letras: Centenário de Nascimento ... R$10,00 Psiu Poético + 25: 26º Salão Nacional de Poes... R$10,00 Psiu Poético 25: 01 Quarto de Século do Salão... R$10,00