Márcio Moraes
"no leito solidário de uma floresta altiva descansem por favor a minha poesia"
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
 
 

A Diretoria da Academia Rotary de Letras, Artes e Cultura de Taubaté-SP outorga o título de Acadêmico Correspondente no Grau de Oficial 
ao professor e escritor Márcio Adriano Moraes


No dia 17 de novembro de 2017, na Casa da Amizade de Taubaté, na sua 18ª Reunião Ordinária (Sessão Festiva), a Academia Rotary de Letras, Artes e Cultura de Taubaté (ARLAC) outorgou ao professor e escritor montes-clarense Márcio Adriano Moraes, representado pela companheira Anete Simões, o título de Acadêmico Correspondente no Grau de Oficial. Ainda na mesma sessão, recebeu o Prêmio "Mahatma Gandhi" de Liderança pela paz


"Ler-se(r)" indicado para o Vestibular 1/2018 e 2/2018 do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - IFNMG

 
 
Foi publicado no dia 14 de setembro de 2017 o Edital do Vestibular 1/2018 e 2/2018 do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - IFNMG. 
Na relação das obras indicadas para a prova de Literatura, está o livro de crônicas "Ler-se(r)", de Márcio Adriano Moraes. 
Lista completa: 
1 - O filme da minha vida (filme de Selton Mello, com direção de Vânia Catani).
2 - Nove noites - Bernardo Carvalho.
3 - Memórias Póstumas de Brás Cubas– Machado de Assis.
4 - Olhai os lírios do campode Érico Veríssimo.
5 - Ler-se(r), de  Márcio Adriano Moraes.
Para ter acesso ao Edital completo: Clique Aqui! 

O Vestibular 1/2018 foi realizado no dia 26 de novembro. A questão de número 20 versou sobre a obra "Ler-se(r)". Para ler o comentário do autor sobre a questão: Clique Aqui!

 

 
OBRAS INDICADAS

VESTIBULAR DO IFNMG 1/2018 e 2/2018
1 - O filme da minha vida (filme de Selton Mello, com direção de Vânia Catani).
2 - Nove noites - Bernardo Carvalho.
3 - Memórias Póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis.
4 - Olhai os lírios do campode Érico Veríssimo.
5 - Ler-se(r), de  Márcio Adriano Moraes.

 

_____________________________