× Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Márcio Moraes
no leito solidário de uma floresta altiva descansem por favor a minha poesia
Meu Diário
30/01/2019 16h00
Colégio Sólido é 1º LUGAR GERAL de Medicina Unimontes pelo Sisu


Publicado por Márcio Adriano Moraes
em 30/01/2019 às 16h00
 
17/12/2018 16h09
PAES 1ª Etapa - Comentário das Questões de Literatura

PROGRAMA DE AVALIAÇÃO SERIADA PARA ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - PAES 2018

Caderno de Provas - 1ª Etapa
Gabarito Oficial - 1ª Etapa

QUESTÃO 11 
Obra abordada: "Boca do inferno", de Ana Miranda
Comando: EXCETO
Gabarito: D "A obra faz coincidir sujeito histórico e personagem ficcional através do recurso à biografia".
Justificativa: A obra de Ana Miranda é um Romance Histórico, metaficcional, no qual há correspondência de algumas personalidades históricas com personagens; porém não se trata de um trabalho biográfico.

QUESTÃO 12 
Obra abordada: "Auto de São Lourenço", de José de Anchieta
Comando: EXCETO
Gabarito: D " O Auto de São Lourenço assimila aspectos da mitologia indígena com a finalidade de promover a conciliação de valores religiosos contrários, propiciando a simpatia do indígena". 
Justificativa: O trabalho catequético do padre jesuíta tem o propósito de instituir a fé cristã católica, eliminando a religião indígena; logo não há "conciliação", mas sim ruptura. 

QUESTÃO 13
Obra abordada: "Primeira missa no Brasil", de Victor Meirelles
Comando: EXCETO
Gabarito: B "O assombro de portugueses e indígenas frente à figura central e elevada da cruz simbolizava o temor a
Deus que vem pela fé" 
Justificativa: Na pintura, os portugueses se apresentam com respeito e devoção, não havendo assim "assombro" nem "temor"; os índios, por sua vez, apresentam-se de forma curiosa e observativa. 

QUESTÃO 14
Obra abordada: Fotografias de Sebastião Salgado comparadas com a tela de Victor Meireles
Comando: EXCETO
Gabarito: C "A visão exótica de Meirelles sobre os indígenas é substituída, em Salgado, por um olhar imparcial das cenas cotidianas dos Awá-Guajá, não interferindo na composição da cena".
Justificativa: O olhar "objetiva" da câmara do fotógrafo é subjetivo, isto é, parcial, já que direciona seu olhar para um registro dos índios Awá-Guajá de acordo com objetivos já pré-estabelecidos, entre eles, dar a conhecer ao brasileiro não índio a existência dessa etnia e como vivem. 

QUESTÃO 15
Obra abordada: "Contos indígenas", de Daniel Munduruku
Comando: EXCETO
Gabarito: A "Os mitos Kaigang presentes no conto são apoiados em eventos históricos narrados pelos ancestrais da comunidade"
Justificativa: A própria definição de "mito" contradiz o conceito de "evento histórico"; ou seja, mito é um relato fantástico de tradição oral, portanto não se trata de uma narração lendária e não fato histórico. 

Publicado por Márcio Adriano Moraes
em 17/12/2018 às 16h09
 
17/12/2018 12h43
PAES 2ª Etapa - Comentário das Questões de Literatura

PROGRAMA DE AVALIAÇÃO SERIADA PARA ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - PAES 2018

Caderno de Provas - 2ª Etapa
Gabarito Oficial - 2ª Etapa

QUESTÃO 11 
Obra abordada: "I-Juca Pirama" e "Canção do Tamoio 
Comando: CORRETO
Gabarito: C "O conteúdo das composições enfatiza valores e qualidades simbólicos do índio, próprios ao objetivo de heroicização do orgulho nacional nascente dos oitocentos".
Justificativa: Durante o Romantismo (oitocentos), houve a necessidade de se idealizar o índio como representante de uma nação de independência recente. 

QUESTÃO 12.   
Obra abordada: "Iracema", de José de Alencar.
Comando: EXCETO.
Gabarito: D "Trata-se de uma adequada abordagem da representação do índio na literatura brasileira contemporânea"
Justificativa: A obra alencariana é uma representação indianista romântica, do século XIX, portanto não há referência ao índio na literatura contemporânea. 

QUESTÃO 13
Obra abordada: "O jantar", de Jean-Baptista Debret
Comando: EXCETO
Gabarito: B "A centralidade da mesa de jantar sugere a larga produtividade agrícola do Brasil colônia, marcado pelas riquezas trazidas pela monocultura da cana de açúcar"
Justificativa: Não há nenhum elemento na tela que possa ser associado à cana de açúcar; ademais o ciclo açucareiro no Brasil mais intenso dada do século XVII; a tela de Debret é representativa do Brasil imperial do século XIX. 

QUESTÃO 14
Obra abordada: “Lágrima do sul”, de Milton Nascimento; e “Brasil mestiço: santuário da fé”, de Clara Nunes
Comando: EXCETO
Gabarito: D "Ambas as canções apresentam uma visão pessimista acerca da futura condição das populações segregadas, condição originada de um passado com marcas no presente."
Justificativa: Na canção de Clara Nunes, lemos "não desesperar", "nós não deixaremos de cantar"; e em Milton Nascimento, lê-se "a canção segue torcendo por nós"; logo é uma visão otimista, de resistência e não pessimista. 

QUESTÃO 15
Obra abordada: "Autorretrato", de Tarsila do Amaral; e "Série Polvo", de Adriana Varejão.
Comando: EXCETO
Gabarito: NULA
Justificativa
: Obra selecionada para a 3ª Etapa; portanto, a questão deve ser ANULADA, por estar em DISCORDÂNCIA com o programa da 2ª Etapa conforme Edital. Logo, os estudantes devem entrar com RECURSO nesta questão. 

Publicado por Márcio Adriano Moraes
em 17/12/2018 às 12h43
 
17/12/2018 12h07
PAES 3ª Etapa - Comentário das Questões de Literatura

PROGRAMA DE AVALIAÇÃO SERIADA PARA ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - PAES 2018

Caderno de Provas - 3ª Etapa
Gabarito Oficial - 3ª Etapa

QUESTÃO 7 
Obra abordada: "Histórias de leves enganos e parecenças", de Conceição Evaristo 
Comando: EXCETO:
Gabarito: NULO
Justificativa: Obra selecionada para a 2ª Etapa; portanto, a questão deve ser ANULADA, por estar em DISCORDÂNCIA com o programa da 3ª Etapa conforme Edital. Logo, os estudantes devem entrar com RECURSO nesta questão. 

QUESTÃO 8
Obra abordada: "Abdias", de Cyro dos Anjos. 
Comando: EXCETO. 
Gabarito: D "As confissões do protagonista, frequentemente, constituem formas de reconstruir experciências vividas em uma atitude de fugacidade que recusa as percepções presentes".  
Justificativa: O protagonista ficcionaliza um amor com a personagem Gabriela, a qual faz parte de seu universo presente; por isso não reconstrói experiências vividas, mas "constrói" uma realidade "platônica" para si. 

QUESTÃO 9 
Obra abordada: "O professor", de Cristovão Tezza.
Comando: EXCETO.
Gabarito: B "A recorrência a dados de pesquisas de institutos oficiais e a eventos históricos e a alusão a nomes da literatura universal conferem à narrativa um caráter factual e fidedigno". 
Justificativa: A narrativa é construída a partir das impressões do protagonista que duplica sua voz com outra narrador em 3ª pessoa; trata-se de um texto de inflexões mentais, de caráter subjetivo; logo não há que se falar em "factual" e "fidedigno", pois o enredo passa pela parcialidade de seu narrador. 

QUESTÃO 10
Obra abordada: "Caminho de Minas", de Élcio Lucas.
Comando: AFIRMAR
Gabarito: C "O conteúdo musical dos vocábulos e a música verbal da composição evocam uma mineiridade de tradições e fé".
Justificativa: Palavras e expressões como "caminhos", "esperança", "comina a coragem", "planta a verdade", "vida sofrida", "grossas raízes", "fé na terra", "ama o chão" confirmam a mineiridade de tradições e fé. A alternativa "A" está incorreta, pois não há "insólitas (incomuns/anormais) vivências". A alternativa "B" está incorreta, pois não há melancolia, ou seja, estado depressivo personalista do existir. A alternativa D está incorreta, porque não há "estados emocionais instáveis e diáfanos, ou seja, variável e vazio da identidade mineira, pelo contrário, a identidade é transparente. 

Publicado por Márcio Adriano Moraes
em 17/12/2018 às 12h07
 
02/12/2018 20h09
Exposição - Duas artes sem fronteira


Publicado por Márcio Adriano Moraes
em 02/12/2018 às 20h09
Página 8 de 50
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 »