× Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Márcio Moraes
no leito solidário de uma floresta altiva descansem por favor a minha poesia
Textos
Epifania do Amado

Ah! Se o mundo findasse amanhã de manhã,
Gostaria de padecer rindo em teus braços,
Em busca um do outro em encontros pela manhã,
Sonhando com o paraíso, dois amados.
Selar meus lábios de macho nos teus de fêmea,
Enroscar teu ventre perfeito ao meu sarado,
Ungir teus cabelos com água de ouro em cera,
E embeber teu corpo com meu hálito suado.
Desejar reencontrar-te a cada segundo.
Último dia para amar quem se ama amando.
Viver intensamente como se fosse o último.
Esperando, mas rezando, querendo tanto
Que este amor puro e santo jamais se acabe
Como o brilho do sol em um fim de tarde.

In: Genuíno, 2007, p. 77.
Márcio Adriano Moraes
Enviado por Márcio Adriano Moraes em 11/01/2020
Comentários