Márcio Moraes
"no leito solidário de uma floresta altiva descansem por favor a minha poesia"
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
14/04/2017 09h06
Via Crucis

BAIULATIO CRUCIS
(VIA CRUCIS)

Acolhida a sentença de morte é, 
E os pecados na cruz são recebidos.
Com a primeira queda, ouvem gemidos
Aplacados pela Mãe de Nazaré.

Ajudam-lhe a levar a cruz até.
Por Verônica os fluidos são retidos.
Com a segunda queda muitos gritos
Das mulheres consoladas com fé.

Co'a terceira queda o peso da cruz.
É despido, deixando os membros nus.
No madeiro com cravos é pregado.

E nessa árvore bendita fenece.
em seus braços a Mãe Virgem O aquece,
E em um novo sepulcro é sepultado.

in: Via Crucis (2009) e in: Rosarium (2016)

Leia o Rosarium completo Aqui!


Publicado por Márcio Adriano Moraes em 14/04/2017 às 09h06
 
10/04/2017 22h20
Posse como membro efetivo na Academia de Letras do São Francisco

No dia 22 de setembro de 2011, recebi uma carta (e-mail) do ilustríssimo escritor Petrônio Braz com uma notícia alvissareira, a ACLECIA (Academia de Letras, Ciências e Artes do São Francisco), nas comemorações dos seus dez anos de existência, resolveu, por unanimidade, outorgar-me Diploma de Membro Honorário. A solenidade aconteceu no dia 4 de outubro daquele ano na cidade de Januária, dia municipal da poesia em Montes Claros e abertura do Salão Nacional de Poesia Psiu Poético. Seis anos depois, no dia 8 de abril de 2017, estive novamente numa solenidade da ACLECIA, juntamente com a ACLAV (Academia de Letras, Ciências e Artes de Várzea da Palma) agora para me tornar honrosamente Membro Efetivo. Ao ocupar a cadeira 16, fundada por José Luiz Rodrigues, tendo como patrono Robson Rodrigues Costa, espero ser digno de tão relevante honraria e poder contribuir com o enriquecimento cultural de nossa região com minhas poesias e prosas, além da presença e da luta pela constante valorização da Arte Literária. 



Publicado por Márcio Adriano Moraes em 10/04/2017 às 22h20
 
12/03/2017 08h43
MEC anuncia mudanças no ENEM

O Ministério da Educação e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciaram, quinta-feira (09/03), as mudanças previstas para a realização do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM 2017. As medidas são resultado do amplo debate do MEC com a sociedade, por meio da consulta pública promovida pelo Inep no começo deste ano.





Confira as principais mudanças:



Datas



A partir de agora, o ENEM, que continuará sendo realizando em dois dias e no formato de provas impressas, passa a ser aplicado em dois domingos seguidos, e não mais em um único fim de semana.



Redação



A redação passa a ser realizada no primeiro domingo, juntamente com as provas de Linguagem, Código e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias, com duração de 5 horas e 30 minutos. No segundo domingo serão realizadas as provas de Matemática e Ciências da Natureza e suas Tecnologias, com 4 horas e 30 minutos de duração.  



Certificação



O ENEM deixa de certificar o Ensino Médio, o que volta a ser feito pelo Exame Nacional de Certificação de Jovens e Adultos (Encceja), que é o exame adequado para esse fim, em uma parceria com estados e municípios. 



Essas e outras mudanças, apresentadas na coletiva, são parte do resultado do amplo debate promovido pelo MEC, que promoveu uma Consulta Pública por meio do Inep entre 18 de janeiro e 17 de fevereiro deste ano. O resultado da consulta orientou parte dos avanços no exame que passam a valer já nesta edição, a ser realizada nos dias 5 e 12 de novembro de 2017. 



A portaria que regulamenta todas as mudanças será publicada em 24 de março. Até 10 de abril está prevista a publicação do Edital. As inscrições para o Enem 2017 serão de 8 a 19 de maio. 



Segurança



Os participantes receberão cadernos de questões personalizados (identificado com seu nome e número de inscrição), juntamente com os cartões de resposta encartados na prova, com seu nome e número de inscrição. Até 2016, os participantes recebiam o cartão de resposta separado da prova e faziam a identificação com a cor de sua prova. A novidade dos cadernos personalizados reforça a segurança dos quatro cadernos diferentes e identificados por cores. 



O ENEM 2017 terá seu resultado divulgado em 19 de janeiro de 2018 e continuará oferecendo resultados por área de conhecimento, individual de cada participante e da base consolidada para uso nos programas governamentais Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Financiamento Estudantil (Fies) e Universidade para Todos (ProUni), entre outros. Mas não haverá mais resultado do Enem por escola. O Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) do ensino médio passará a ser universal e não mais amostral para escolas públicas e privadas. Isso permitirá o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) por escola.



Atendimento



A aplicação em dois domingos soluciona a situação dos sabatistas, que acessavam o local de prova no mesmo horário dos demais, mas só começavam a responder as questões às 19h. Os participantes que guardam o sábado por questões religiosas, e representaram 76 mil inscrições em 2016, não ficarão mais submetidos ao confinamento de 5 horas.  



Outra mudança é em relação ao atendimento especializado. A solicitação de tempo adicional deverá ser feita no ato da inscrição e não mais na hora da prova. As pessoas com deficiência e que, por esse motivo, precisam de tempo extra, terão que inserir um documento comprobatório que motive a solicitação desse atendimento. 



Com informações do MEC



Informações disponíveis em: http://www.colegiosolido.com.br/noticias/142/mec-anuncia-mudancas-no-enem. Acesso 12 mar. 2017



Publicado por Márcio Adriano Moraes em 12/03/2017 às 08h43
 
09/02/2017 18h14
Unimontes concederá o título de Doutor Honoris Causa ao poeta Aroldo Pereira

O Conselho Universitário (Consu) da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) aprovou a concessão do titulo de Doutor Honoris Causa ao poeta norte-mineiro Aroldo Pereira, autor de vários livros,  idealizador  e coordenador do Salão Nacional de Poesia Psiu Poético, realizado anualmente em Montes Claros e que completou 30 anos interruptos em 2016. A proposição do titulo foi feita pelos professores e conselheiros Antônio Wagner Rocha e Mônica Maria Teixeira Amorim. 

 A entrega ocorrerá em sessão solene do Conselho Universitário, prevista para abril próximo. O título de Doutor Honoris Causa é a mais importante distinção concedida pelas universidades em todo o mundo. 

Na proposição, os professores Antônio Wagner Rocha e Mônica Maria Teixeira Amorim ressaltam que o titulo de Doutor Honoris Causa também é concedido a "personalidades que tenham se distinguido pelo saber ou pela atuação em prol das artes, das ciências, da filosofia, das letras, da administração pública, do bem-estar humano ou do melhor entendimento entre os povos". 

Desta forma, "ressaltamos, pois, que esse título pode ser dado a quem tenha exercido um importante trabalho não apenas no campo das ciências, mas em outros campos de atuação que também são importantes para a humanidade como a literatura, a arte, a cultura, a política, a promoção da paz, entre outros", enfatizam. 

Os proponentes acrescentam: "convém destacar que Aroldo Pereira é uma personalidade merecedora desta importante honraria, pois  trata-se de um poeta de reconhecido destaque com projeção regional e nacional no tocante à sua produção artística e literária".  Citam ainda o "exitoso trabalho" do homenageado na coordenação do Salão Nacional de Poesia Psiu Poético,  "evento caracterizado por um amplo alcance social e que em 2016 completou 30  anos de existência em defesa da educação, da arte, dos direitos humanos e da poesia brasileira". 

A obra de Aroldo Pereira é enaltecida pela professora Ivana Ferrante Rebello, doutora em Literaturas de Língua Portuguesa e integrante do Departamento de Comunicação e Letras da Unimontes. "Negro, pobre, poeta”, como se lê em seus versos, ele consegue representar a dor da exceção em inquietude e luminosidade, que são atributos de sua arte. Aroldo Pereira é poeta de muitos livros publicados, músico, performer, ator: onde quer que se veja um espaço de arte, lá está ele, participando, chamando à luz a poesia envergonhada, invadindo de verso, irreverência e cor a cidade que, paulatinamente, se rende ao concreto e ao silêncio", descreve Ivana. 

Ao destacar o trabalho do homenageado e o alcance do Psiu Poético, ela salientou: "por essas razões, a Unimontes, cujo papel é promover a cultura, a educação e o saber por meio do ensino, da pesquisa e da extensão, concede-lhe, com justiça, o título de Doutor Honoris Causa". Segundo a professora  Ivana Rebello, "a Unimontes,, com a concessão desse título, evidencia que enxerga além de suas salas e laboratórios". 

"Estou muito agradecido pela iniciativa e pelo o reconhecimento da nossa Universidade Estadual de Montes Claros”, declarou o poeta Aroldo Pereira, ao ser comunicado da  concessão da honraria.: “Os reconhecimentos são sempre bem vindos. Acredito que nesse momento em que vivemos com descrédito nas pessoas e nas pequenas coisas, que um reconhecimento imaterial, mas imenso como esse , nos humaniza e engrandece cada vez mais" afirmou ele. 

BIOGRAFIA E REFERENCIA DE ESTUDOS 

Natural de Coração de Jesus, foi em Montes Claros que João Aroldo Pereira encontrou  inspiração para escrever suas obras, como "Canto de encantar serpente",  "Azul geral", "Hai-kai quem quer" e "Doces pérolas púrpuras", publicadas na década de 1980. 

Ele publicou os livros "Cinema bumerangue" (1997), "Parangolivro" (2007), indicado para o Mestrado em Letras/Estudos Literários(em 2008) e para o Processo Seletivo/2011 da Unimontes. 

Pereira é também co-autor de “Antologia da moderna poesia brasileira" ( 1992), Signopse – a poesia na virada do século (1995), Cantária (2000), Trinta anos-luz: poetas celebram 30 anos de Psiu poético ( 2016), entre outros. Seu nome consta como verbete da Enciclopédia de Literatura Brasileira, organizada por Afrânio Coutinho e J. Galante de Souza (Fundação Biblioteca Nacional/Academia Brasileira de Letras, 2001). 


O legado literário do escritor também se tornou objeto de estudos e pesquisas acadêmicas. Artigo de autoria da professora Ivana Ferrante Rebello, com o título “Versos e parangolés: a poesia marginal de Aroldo Pereira”, foi publicado na revista "Estação Literária" (volume 12) da Universidade Estadual de Londrina (UEL). A tese aborda aspectos fundamentais para a compreensão do exercício criador e inventivo do  poeta norte-mineiro. 

“Marginal e herói: pintura e música na poesia de Aroldo Pereira” é outro artigo de destaque que foi produzido pelo professor e escritor Gilson Neves, mestre em Estudos Literários pela Unimontes. O texto ressalta  "caráter revolucionário desta escrita que encontra nos acontecimentos da vida comum dos homens a sua possibilidade de reflexão". A Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Letras/Estudos Literários da Unimontes também deu destaque para a obra do poeta Aroldo Pereira, dedicando espaço para resenha escrita pelo professor e compositor Élcio Lucas de Oliveira sobre o conteúdo de Parangolivro. 


Publicado por Márcio Adriano Moraes em 09/02/2017 às 18h14
 
18/01/2017 17h02
Cursos Pré-Vestibular Sólido - 1º semestre 2017

Estão abertas as matrículas para os novos cursos do Sólido Pré-Vestibular com início no 1º semestre de 2017. Faça sua matrícula antecipada e garanta descontos nas mensalidades! Confira condições.

Central de Matrículas: Av. Deputado Esteves Rodrigues, 949 - Centro - Montes Claros
Telefone: (38) 3222-4580

Documentos necessários: RG, CPF e comprovante de residência


Extensivo Alfa

Estudo de todo o conteúdo voltado para o ENEM e atende também aos vestibulares de Verão. Tem aulas distribuídas majoritariamente no período matutino de segunda a sexta-feira das 7h10 às 12h30 e aulas complementares às terças e quintas à tarde das 14h às 18h10.

Local do curso: Sólido Pré-Vestibular (Ibituruna Center Shopping - Bloco C - 3° andar)

Clique na imagem abaixo para ver valores e outros detalhes:

+ CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

Extensivo Alfa Medicina

Novidade para 2017! O curso estuda todo o conteúdo voltado para o ENEM e para os vestibulares de Medicina do fim do ano, inclusive com provas discursivas (questões abertas). Tem aulas distribuídas majoritariamente no período matutino de segunda a sábado das 7h10 às 12h30 e aulas complementares às terças, quartas e quintas à tarde das 14h às 18h10.

Local do curso: Sólido Santa Maria (Rua Santa Maria, 286 - 3º andar - Todos os Santos)

Clique na imagem abaixo para ver valores e outros detalhes:

+ CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

Extensivo Kapa (matutino) 

Prepara para o ENEM e também para os vestibulares do fim do ano. Aulas distribuídas majoritariamente no período matutino de segunda a sexta-feira das 7h10 às 12h30 e aulas complementares às segundas e quartas à tarde das 14h às 18h10.

Local do curso: Sólido Santa Maria (Rua Santa Maria, 286 - 3º andar - Todos os Santos)

Clique na imagem abaixo para ver valores e outros detalhes:

+ CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

Extensivo Kapa (vespertino) 

Prepara para o ENEM e também para os vestibulares do fim do ano. Aulas distribuídas majoritariamente no período vespertino de segunda a sexta-feira das 13h55 às 19h. Aos sábados, as aulas serão no turno matutino das 7h10 às 12h30.

Local do curso: Sólido Pré-Vestibular (Ibituruna Center Shopping - Bloco C - 3° andar)

Clique na imagem abaixo para ver valores e outros detalhes:

+ CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

Intensivo Smart Plus

Direcionado ao aluno que prioriza os vestibulares de Inverno (Funorte, Fip-Moc, etc), tem aulas distribuídas majoritariamente no período matutino de segunda a sábado das 7h às 12h30 e plantões de exercícios a partir da segunda semana de Português, Física, Química, Matemática, Biologia, História ou Geografia às segundas e quartas à tarde das 14h às 18h10.

Local do curso: Sólido Pré-Vestibular (Ibituruna Center Shopping - Bloco C - 3° andar)

Clique na imagem abaixo para ver valores e outros detalhes:

+ CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

Procure nossa Central de Matrículas de segunda a sexta-feira de 8h às 18 horas e sábado de 8h às 11 horas na Av. Deputado Esteves Rodrigues, 949 - Centro.

Está fora de Montes Claros? Entre em contato conosco e informe-se sobre a matrícula a distância: (38) 3222-4580 - Setor Financeiro.


Publicado por Márcio Adriano Moraes em 18/01/2017 às 17h02



Página 3 de 34 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]

Ler-se(r) R$25,00 Trovaecia R$20,00 assim alado R$20,00
Enlace R$10,00 Via Crucis R$20,00 Genuíno R$20,00
A palavra-vida de um corpo quedo: uma leitura... R$20,00 Ceifando vidas e semeando letras R$15,00 Passaportes: viagens guiadas por Lygia Fagund... R$15,00
O humano insano e as palavras do infante em G... R$15,00 A cor do subúrbio em Clara dos Anjos R$15,00 A cor negra da canção dos anjos R$15,00
Estudo Sólido de Literatura R$15,00 Gêneros Textuais: no cotidiano, no vestibular R$25,00 Crepúsculo de arame R$25,00
Vende-se amor R$25,00 Apenas rascunhos R$35,00 29º Salão Nacional de Poesia Psiu Poético R$10,00
Os 50 melhores Sonetos do 7º Festival de Sone... R$10,00 5º Prêmio Literário de Poesia Portal Amigos d... R$10,00 XVII Prêmio PMMG de Poesia 2015 R$10,00
Antologia Jubileu de Ouro da Unimontes: prosa... R$10,00 Antologia Psiu Poético 2010: cinepoesia R$10,00 Antologia do 21º Psiu Poético: montesclarosci... R$10,00
Antologia do 23º Psiu Poético: a invenção dos... R$10,00 Poetas de uma só Língua R$10,00 A Deusa das Letras: Centenário de Nascimento ... R$20,00
Psiu Poético + 25: 26º Salão Nacional de Poes... R$10,00 Psiu Poético 25: 01 Quarto de Século do Salão... R$10,00 De todas as cores: 24º Salão Nacional de Poes... R$10,00